21
3

GRANDE INFLUÊNCIA DE CAVALOS BRASILEIROS.


A temporada 2016/2017 de exposições do Oriente Médio encerrou-se neste final de março com seu mais importante e concorrido show, o Dubai International Arabian Horse Championship e cavalos brasileiros foram responsáveis por Campeões em todas as Classes da exposição.
Além da presença do juiz brasileiro Luiz Rocco entre os 10 juízes que compuseram o quadro de jurados da exposição, a égua brasileira FT Shaella, criada pelo Haras Quatro Estações de Flávia Torres sagrou-se Campeã Égua Ouro e o garanhão brasileiro RFI Farid, criado pelo Haras Santo Antônio da Bela Vista de Rodrigo Foz Forte foi um dos grandes Reprodutores da Exposição.

Shaella, que já obteve o Campeonato Mundial de Prata- França e o Campeonato de Ouro da Copa das Nações-Alemanha, obteve 33 pontos, 20 a mais que a 2ª colocada, a polonesa Norma, e acrescentou mais um grande título a seu atual proprietário o Dubai Arabian Horse Stud.

Já o reprodutor RFI Farid é pai de nada menos que Campeã Potranca de Ouro, D Ayayeb, e as Campeãs de Bronze Junior Fêmea Madinat Al Baydaa e a Potranca Kamouneh Al Zobair.

Além desses resultados temos:
No Campeonato Jr. Fêmea a matriz Felícia RLC de criação de Rodrigo Lorenzi Castro do Haras das Paineiras é a avó paterna da Campeã Ouro Ghadeer AM e o Penta Campeão Nacional Brasileiro FA El Shawan é avô paterno da Campeã Prata.
No Campeonato Jr. Macho FA El Shawan é avô paterno e a Campeã FT Shaella é avó materna do Ouro D Shallal.
No Campeonato Potro Pharaoh HBV de criação de Luciano Cury do Haras Boa Vista foi Prata.
No Campeonato Égua, além da Ouro FT Shaella a criação brasileira chegou perto do podium com a 4ª colocada RB Delights Divah criada pelo Haras das Cascatas das irmãs Moura.
No Campeonato Cavalo, o Campeão Prata Baanderos é filho da égua HB Bessolea, americana que hoje está no Brasil , filha do reprodutor brasileiro Besson Carol criado por Ailton Braga. E assinalamos que o Campeão Ouro, Excalibur EA é de propriedade do Haras Las Rosas do Uruguai.